MULHER

25-03-2010 20:34

Mulher! Porque choras?

Ai Senhor! Choro por minha flor,

flor que em meu peito se amarga,

choro senhor na ausência da alegria,

choro na penumbra, quando tudo se cala

para escutar o meu clamor.

Porquê mulher?

Senhor por amor!!

por amor daqueles

quem meus lábios beijou,

meus braços afagou,

meu colo consolou,

meu peito emprestou.

Oh senhor meu! Bramo no renego de minhas forças dispensadas

bramo nos momentos de atalaia, quando na fraqueza dos braços

já não conseguem afastar os meus do predador

bramo quando lágrimas rolam dos meus olhos, e deslizam pelo meu rosto,

fazendo sentir a responsabilidade do privilégio concedido.

Mas senhor! Por quem me tomas?

Por aquela a quem Deus abençoou fazendo de ti agraciada aos seus olhos.

Porquê senhor?

Porque entre todos os seres viventes,

viu Deus seres tu capaz de abnegar em prol do florescimento da tua semente

presenteou-te Deus com o dom de fazer prevalecer a sua imagem e semelhança

afortunada sejas mulher, por teres a excelência da eleição.

Ah! Senhor

Na imensidão de meu ser não tenho louvores

que qualifiquem a obra maravilhosa de suas mãos,

obrigada pela disponibilidade de ser mulher e mãe.

 

                                    Carla Cipriano 

                                    Trajouce